Atenção um texto pode apresentar mais de uma função.

texto 1

[...]Como dois e dois são quatro
sei que a vida vale a pena
embora o pão seja caro
e a liberdade pequena[...]

texto 2

[...]Na messe , que enlourece, estremece a quermesse...
O sol, celestial girasol, esmorece...
E as cantilenas de serenos sons amenos
Fogem fluidas, fluindo a fina flor dos fenos[...]

texto 3

[...]Negras mulheres, suspendendo às tetas
Magras crianças, cujas bocas pretas
Rega o sangue das mães:
Outras, moças... mas nuas, espantadas,
No turbilhão de espectros arrastadas,
Em ânsia e mágoa vãs! [...]

texto 4

[...]
É aí o quartel ou quadrado da Fazenda,nome que tem um grande Pátio cercado de senzalas,às vezes com alpendrada corrida em volta,e um ou dois portões que o fecham com praça d'armas.
Em torno da fogueira, já esborrondada pelo chão, que ela cobriu de brasido e cinzas,dançam os Pretos o samba com o fenezi que toca o delírio. não se descreve, nem se imagina esse desesperado soracoteio,no qual todo o corpo estremece, pula, Sacode, bamboleia, Como se quisesse desgrudar-se.[...]​

por

Sua resposta

Seu nome (opcional):
Privacidade: Seu email será usado apenas para enviar estas notificações.
Seja Bem vindo a Tirando Dúvidas, Perguntas e respostas, onde você pode fazer perguntas e receber respostas de outros membros da comunidade.