Sparta e Atenas foram as cidades-estados gregas que primeiro delinearam uma relação de corpo e movimento com critérios pedagógicos. Esparta era uma pólis guerreira por excelência e tinha por objetivo aumentar seu poder e defender-se dos perigos e ameaças dos povos vizinhos. Era dotada do melhor exército da Grécia e educava seus jovens através do exercício físico dirigido à atividade guerreira, sob o ideal do cidadão-soldado, educado para o ministério das armas. A educação em Atenas tinha por objetivo primordial a formação geral do cidadão político e, apesar de ter uma postura eclética, em função da estruturação democrática ocorrida por volta do ano de 550 a.C., também utilizava os exercícios físicos como preparação militar.

Considerando o texto acima, e a respeito da educação na Grécia antiga, pode-se dizer:

I – Atenienses e espartanos possuíam educação que priorizava a preparação militar e o exercício físico.

II – A Paideia foi um modelo educacional ateniense voltado para a formação do homem integral, pregava o equilíbrio entre corpo, alma e mente.

III – Os alunos espartanos eram acompanhados de tutores particulares nas escolas de preparação geral, privadas (Gramático, Citarista e Palestra).

IV - A cidade de Atenas foi exemplo de educação que valorizava o corpo, por esse motivo seus filhos sempre eram gloriosos nos Jogos Olímpicos e nas guerras.

V - A Caserna era um acampamento de treinamento militar juvenil espartano, onde os garotos eram duramente preparados, em termos psicológicos e físicos, para suportar as exigências do combate.

por

Sua resposta

Seu nome (opcional):
Privacidade: Seu email será usado apenas para enviar estas notificações.
Seja Bem vindo a Tirando Dúvidas, Perguntas e respostas, onde você pode fazer perguntas e receber respostas de outros membros da comunidade.