menu search
person

Entre hifens e acentos, descubra como ficou essa e outras locuções depois do não tão novo Acordo Ortográfico

As mudanças do Novo Acordo Ortográfico ainda pegam muita gente desprevenida — por mais que ele não seja mais tão novo assim. Se palavras que têm acentos ou hifens já nos deixam em dúvida, imagine só as que têm as duas coisas! É o caso da locução pôr do sol. Assim mesmo, com acento e sem hifens. Antes do acordo, a palavra contava com um hífen entre cada palavra.  

Mas você sabe por que o “pôr” é acentuado e qual regra eliminou o hífen? Se não, a gente te explica!

O acento circunflexo

Mesmo após a reforma ortográfica, o acento circunflexo do pôr do sol continuou lá. A regra que determina esse acento não faz referência à locução em si, mas ao verbo “pôr”. A função do acento circunflexo, nesse caso, é diferenciar a palavra de um outro “por”, a preposição.

Embora ambas sejam pronunciadas da mesma forma, na hora de escrever colocamos o acento quando queremos nos referir ao verbo “pôr”, sinônimo de colocar.

Observe:

Pare de pôr doces na mesa antes do almoço! (verbo)

A carta foi escrita por Getúlio Vargas. (preposição)

Hifens em locuções

O uso do hífen sofreu diversas alterações com o Novo Acordo Ortográfico. O caso do pôr do sol se enquadra na queda do hífen em locuções, sejam elas substantivas, adjetivas, pronominais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais. Outros exemplos de locuções que perderam o hífen são fim de semana, dia a dia e café com leite.

É claro que há algumas exceções, e locuções consagradas pelo uso ou com significado próprio mantiveram seus hifens. Água-de-colônia e pé-de-meia são alguns exemplos.

Entre ou cadastre-se para responder esta pergunta.

...