por

O excesso de gordura corporal tem sido associado à maior predisposição para distúrbios metabólicos e diferentes doenças crônicas. As medidas antropométricas têm auxiliado significativamente na avaliação da adiposidade corporal. Um exemplo é a circunferência do pescoço. Essa medida, além de estar associada ao acúmulo de gordura na região do pescoço, parece estar associada ao desenvolvimento de resistência a insulina.

BRANCO, B. H. M.; MATSUO, A. R.; FOLLMER, B. Medidas e Avaliação em Educação Física.
É possível observar no exposto acima e no seu material da disciplina, informações importantes sobre a circunferência do pescoço. Assim, considerando os mesmos, avalie as alternativas abaixo:

I. Uma mulher com circunferência do pescoço de 36,5 cm se encontra na classificação de obesidade.
II. A puberdade é um fator considerável para a classificação da circunferência do pescoço para meninos e meninas.
III. Não é indicado tencionar a fita métrica para fazer a medida da circunferência do pescoço, pois isso poderá comprimir o tecido subcutâneo e superestimar os valores.

É correto o que se afirma em:
Alternativas
Alternativa 1:
I, apenas.

Alternativa 2:
II, apenas.

Alternativa 3:
III, apenas.

Alternativa 4:
I e II, apenas.

Alternativa 5:
I, II e III.

1 Resposta

0 votos positivos 0 votos negativos
por (1.000M pontos)
Resposta:

Alternativa I

Explicação:

Lendo a pagina 52, fica claro que somente a alternativa I é verdadeira,

II. A puberdade é um fator considerável para a classificação da circunferência do pescoço para meninos e meninas. (Falsa somente em caso de indicadores de resistência a insulina).

III. Não é indicado tencionar a fita métrica para fazer a medida da circunferência do pescoço, pois isso poderá comprimir o tecido subcutâneo e superestimar os valores. ( Falsa pode ser tencionada a fita no pescoço sim, mais cm cuidado para não comprimir o tecido subcutâneo).
Seja Bem vindo a Tirando Dúvidas, Perguntas e respostas, onde você pode fazer perguntas e receber respostas de outros membros da comunidade.
...