Leia o texto: (...) O "EU TE AMO" hoje em dia, ou desde os primórdios, tornou-se objeto em liquidação. Nada de entrega total ou cumplicidade. (..) Traduzindo, o tal sentimento puro, eterno e verdadeiro é só um produto que precisa ser exibido para os quatro ventos. Porque os que amam, e que dizem ser eterno, são pessoas mais felizes, mais leves, mais completas. Punk é quando o prazo de validade do "eterno" acaba e a pessoa amada passa a não ser mais tão "perfeita". (...) O "amor" vendido por aí é droga. Muitas pessoas querem, e quando o possuem viciam nas infinitas sensações causadas. Tornam-se dependentes e precisam provar para Deus e o mundo – virtual – o quanto se sentem bem e felizes. (...) (ARRUDA, Bárbara. O "amor" é uma droga. Disponível em: . Acesso em: 4 set. 2012.) O uso das aspas nas palavras "eterno" e "perfeita", em destaque no texto, tem a finalidade de indicar que se trata de:

por

Sua resposta

Seu nome (opcional):
Privacidade: Seu email será usado apenas para enviar estas notificações.
Seja Bem vindo a Tirando Dúvidas, Perguntas e respostas, onde você pode fazer perguntas e receber respostas de outros membros da comunidade.